Quase 200

A IMPRENSA NA HISTÓRIA CAPIXABA

Nesta sétima edição do Projeto CoCa, lançada em 2008, o tema são os dois séculos de imprensa no Brasil. Como bem destaca o título, “Quase 200” , no Espírito Santo os duzentos anos ainda não podem ser comemorados, mas abrem uma oportunidade para reflexão. A imprensa só chegou às terras que amargavam o desterro da função de proteção às riquezas de Minas Gerais somente em 1840, portanto, 32 anos após o histórico 1808. Na cronologia dos periódicos pioneiros em todo o País, o Espírito Santo só ficou na frente de Amazonas e Paraná, que se tornaram províncias do Império somente em 1850 e 1853, respectivamente.

De O Estafeta, o primeiro jornal capixaba, aos dias de hoje, o livro, escrito por alunos do curso de Comunicação Social da Ufes sob orientação do professor Doutor José Antonio Martinuzzo, traz a participação da imprensa nos principais movimentos e períodos históricos do Espírito Santo desde a chegada da mídia por aqui.

 

Quase-200-4

 

Editor e Organizador: José Antonio Martinuzzo

Autores: Aidê Malanquini . Aline Dias . Amanda Tito . Anna . Beatriz Britto . Ariani Caetano . Augusto Debbané . Brunella França . Carla Sá . Cristiane Britto . Darshany Vieira . Elton Morati . Erica Vaz . Flávia Rangel . Gabriela Leal . Gabriela Zorzal . Gabriel Herkenhoff . Giselle Pereira . Glacieri Carraretto . Janaina Silva . Jananda Soares . Jaqueline Borchardt . João Cláudio de Santana João Tarcísio . Joyce Meriguetti . Katilaine Chagas . Lara Abib . Lygia Bellotti . Lunélia Lima . Manoela Pagotto . Mariana Batista . Monique Tassar . Roberta Duarte . Shamylle Alves . Simone Azevedo . Simone Resende . Sylvia Ruth . Rafael Scandian

DOWNLOAD

Projeto CoCa - Projeto de Extensão executado junto ao Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal do Espírito Santo